quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Onde As Árvores Cantam.

Beatriz foi fisgada pela capa e título. E se surpreendeu. 

Onde as Arvores Cantam, de Laura Gallego Garcia, editora Comboio de Corda, tradução de Paula Vieira. É o novo livro que temos em nossa biblioteca.
Com suas 381 páginas muito bem aproveitadas, foi um dos livros que realmente me surpreendeu. Fui fisgada pela capa e título.

A capa, as páginas e o modo como se encaixam ao texto é realmente muito bonito. Lembra as publicações da editora Intrínseca (A Culpa é das Estrelas, Passarinho, O Rei de Amarelo, entre outros). O enredo conta a história da princesa Viana, que sempre sonhava com uma vida perfeita: morar em seu castelo, ao lado de seu amado príncipe e ter seus filhos. Mas tudo isto muda quando Lobo, um ex-cavaleiro e um dos personagens mais fascinantes, avisa à corte que os bárbaros iriam tomar o reino. Ocorre uma guerra e o pai dela morre juntamente com o rei. Então o reino de Nórtia passa a ser  dominado pelo bárbaro Harak.
Viana acha que tudo se resolveria se conversasse com Harak, mas de nada adianta e ainda por cima, seu tão amando noivo lhe vira as costas. Ela acaba perdendo tudo, até mesmo o castelo onde morava. Então decide fugir para a Grande Floresta.
A Grande Floresta é cercada de lendas sobrenaturais e ninguém vai lá. Lobo, ex-cavaleiro, a resgata e ensina a jovem a viver como um homem na floresta. Ela sabe que sua missão é libertar o reino e salvar as pessoas que ama. 
O livro mistura realidade e fantasia, e há muita dinâmica na forma de narrar as ações.  Os personagens são realmente apaixonantes, daqueles que te fazem chorar ou gritar com a autora do livro quando isso acontece. (Não sei quantas vezes gritei: “Para com isso Viana! O Lobo tem um plano!”). 

Então, para quem está sem ideia do que  ler e quer um livro realmente bom, recomendo Onde as Arvores Cantam, tenho certeza de que irá gostar!

Beatriz Saab Daniel, 7ªC, 

 Linda capa desenhada por Renato Alarcão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário