quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Literatura Negra nas aulas de História.


Selecionando as leituras
Novembro está acabando, e  deixamos aqui  registrado um pouco das leituras que foram realizadas com a finalidade de trazer o tema da Consciência Negra  para as salas de aula. Utilizamos  os vários espaços da escola, e apresentamos aos alunos a Literatura Negra presente em  poesias, crônicas, contos  e narrativas infantis.  Além de despertar a consciência crítica acerca do tema,  os textos literários também  possibilitaram mostrar  que a cultura negra e africana é tão rica e diversa como qualquer outra. Também  foi  possível eles perceberem como a  cultura africana influenciou a nossa cultura , como  em nossa própria Língua Portuguesa falada no Brasil.
É fundamental que as mudanças na forma de ensinar a história, e a cultura afro- brasileira seja uma prática de todos que estão envolvidos com a educação.     
     
Lucas Marconi - Professor de História

Um bom acervo nós temos.

Lendo  na Sala de Leitura- 6º ano : A Africa, Meu Pequeno Chaka
Lendo o Navio Negreiro no Bosque da Leitura.

Lendo para os amigos : Bojabi, a árvore mágica.
Leitura na  Biblioteca
Leitura do poema Navio Negreiro, na versão do Rapper Slim.
 Na voz de  Gabriel Molinaro :
"Hoje, a senzala só é mais longe da casa dos senhores."


Por meio da versão de o Navio Negreiro,
os alunos tomam contato com a história.
                                                                     
Muitos desejaram ler os versos tão atuais.
A escravidão de ontem, escravidão de hoje.

 Aqui a leitura foi realizada na sala de aula.
 Kennedy dando voz ao poema de Slim

Pausa para a foto depois de muita leitura.
 A Sala de Leitura foi preparada para receber essa turma.
Ler assim é muito melhor! 




Um comentário:

  1. Que coisa mais linda, gente! Adoro o trabalho de vocês. Bjks no coração.

    ResponderExcluir