sábado, 31 de dezembro de 2016

Nina Marie, gente que lê.




Eu tenho orgulho de todos os alunos que são leitores na escola. O que importa não é a quantidade de livros que você lê, pois confesso que, dos 33 livros que peguei, não cheguei ao final de alguns. Acabei perdendo o interesse durante a leitura. O mais importante mesmo é ler com prazer, com paixão. É poder voltar novamente naquele momento mágico em que o livro lhe proporcionou grande alegria e prazer. A busca de livros novos é fascinante para mim, porque mesmo aqueles livros que possam parecer ser de pouco valor para você, ou que não seja de seu gosto, têm extrema importância para outros, por isso, para mim fica difícil escolher apenas um de minha preferência, porque tudo depende do dia e hora...sabe daquele momento...aquele o qual estou lendo...bom...teve alguns que me agradaram mais que outros como: A Chave Para Ronda; Alice no País das Maravilhas; Como Treinar O Seu Dragão e o Mochileiros das Galáxias. Alguns destes são de maior complexidade, então posso sugerir, para iniciantes, começar por Stardust que é um ótimo livro de Neil Gaiman (um dos meus autores preferidos) que poderá ajudar muito na percepção das palavras, aprimorando seu vocabulário. Quero pedir aos colegas que respeitem os livros e a biblioteca, pois é um espaço que proporciona a nós, alunos leitores, várias alegrias.  Nina Marie - 6º ano.

“ Pra onde devo ir? Aí depende de onde você quer chegar. Qualquer lugar. Para quem não tem onde ir, qualquer lugar serve. ” Alice in Wonderland.


Movida pela curiosidade.
Louca por aventuras.
                               

Gabriela, Nina , Maria Beatriz. Três irmãs, três leitoras.



2 comentários:

  1. Só retificando a frase do livro de "Alice.." O correto é "para quem não sabe para onde quer ir, qualquer lugar serve". Numa tradução livre. A Nina deve ter se atrapalhado, o que claro, não lhe tira o mérito da citação. Obrigado por valorizar e incentivar minhas filhas. Um grande abraço! Valéria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Valéria, na verdade eu é que tenho de agradecer, pois quando temos alunos como seus filhos e filhas que valorizam a cultura e o conhecimento, a nossa escola só tem ganhos. Eles são grande exemplo para os demais que desejam descobrir o prazer pela leitura, pelo saber.

      Excluir